UNIVERSIDADE ESTADUAL PAULISTA
"JÚLIO DE MESQUITA FILHO"

Faculdade de Ciências e Letras - Campus de Araraquara
  Agenda Pós-Graduação - Economia

Aluno(a) Humberto Almeida de La Serna
Titulo VOLATILIDADE DOS ROYALTIES DA MINERAÇÃO: Análise do desempenho econômico dos municípios mineradores brasileiros frente ao desafio da volatilidade da renda mineral
Orientador(a) Prof. Dr. SEBASTIÃO NETO RIBEIRO GUEDES
Data 27/02/2019
Resumo RESUMO
É assinalado por diversos autores ser a volatilidade uma das mais ressaltadas características dos preços das commodities. Inevitável que os agentes envolvidos com as receitas de recursos naturais sejam afetados por tal variabilidade, que pode estar a favor num dado momento (com os preços subindo), mas virar-se adversamente depois, acarretando muitos desafios ao planejamento dos gastos públicos. A literatura reporta que os países mais expostos à volatilidade das receitas das commodities tendem a apresentar pior desempenho econômico, surgindo por isso a expressão volatility curse para ilustrar esses casos. Trazendo tal discussão para o âmbito nacional, procurou-se verificar como a volatilidade dos royalties da mineração está afetando o desempenho econômico dos municípios que auferem tais receitas. A base de dados disponível abarcou 2004-2015, período coincidente com o recente Superciclo de commodities no comércio internacional. Auferir rendas minerais mais voláteis parece não interferir relevantemente no crescimento econômico.
Palavras – chave: Economia Mineral. Resourse Curse. Volatility Curse. Commodities minerais, Economia dos recursos naturais

ABSTRACT
It is pointed out by several authors that volatility is one of the most prominent features of commodity prices. It is inevitable that the agents involved in natural resource revenues will be affected by such variability, which may be in favor at a given moment (with prices rising), but will turn adversely afterwards, posing many challenges in the planning of public expenditures. The literature reports that the countries most exposed to the volatility of commodity revenues tend to present a worse economic performance, and so the expression volatility curse appears to illustrate these cases. Bringing such a discussion to the national level, we sought to verify how the volatility of mining royalties is affecting the economic performance of municipalities that receive such revenues. The available database covered 2004-2015, coinciding with the recent Supercycle of commodities in international trade. The partial conclusion so far is indicating that municipalities that receive more volatile mineral income grow less.
Palavras – chave: Mineral Economics. Resourse Curse. Volatility Curse. Mineral Commodities, Natural Resource Economics
Tipo Defesa-Mestrado

APG 2.0
Copyright 2014 (c) UNESP - Faculdade de Ciências e Letras do Campus de Araraquara